Setup Menus in Admin Panel

Fenomenologia e Sexualidade

23 ALUNOS

Abordaremos a sexualidade humana através do método fenomenológico em Edmund Husserl e outros expoentes do mesmo e das filosofias da existência, como Heidegger, Gabriel Marcel, Jean-Luc Marion e Bruce Bégout.

Teremos por base a investigação da sexualidade a partir de sua manifestação originária na consciência em sua dimensão generativa e de uma via metódica que lhe seja adequada para sua “evidenciação”. Neste sentido, teremos como princípio fenomenológico, a captação e descrição da sexualidade a partir da vivência dos seres subjetivos em seus corpos e relações em um fluxo constante de experienciação do ser. Ser como o Sendo no mundo; subjetividade e intersubjetividade de ‘corpos encarnados’.

Portanto, partiremos do entendimento da sexualidade como força vital do ser no mundo se expressando pelas dimensões do sexo (ligada aos aspectos físicos), do gênero (em geral, interpretada como construção e autoconstrução histórica), das orientações sexuais, das identidades de gênero, dos papéis sociais-sexuais e das diversas formas e expressões da vivência sexual, como a transexualidade, transgeneralidade (ou transgeneridade) e travestilidade e intersexualidade.

Deste modo, intentamos corroborar para um entendimento concreto acerca da sexualidade e de seu vivenciar no ser da mulher, do homem e no ser transgênero, criticando deste modo as associações indevidas e usurpadoras realizadas no decorrer da história sexual ocidental entre sexo, gênero e ontologia sexual.

Ementa do Curso

Currículo :

Resenhas do Curso

4

4
1 ratings
  • 5 stars0
  • 4 stars1
  • 3 stars0
  • 2 stars0
  • 1 stars0
  1. Curso rico e inovador

    4

    O curso se mostrou extremamente interessante por trazer o tema da sexualidade à perspectiva da fenomenologia existencial, possibilitando uma exploração atual e vivencial do tema.

    Parabéns à Ester pela didática e competência.