Setup Menus in Admin Panel

Vamos ler: Biografias é sem igual

Perguntam-me o que ler. Cada dia colocarei três livros, minha biblioteca pessoal, que aprecio e já li. Pequenas sugestões. Maioria clássicos. Com um resuminho do autor e da obra. Biografias nos inspiram e mostram o quanto uma vida pode ser rica.

Alberto Pezzota, CLINT EASTWOOD: crítico de cinema italiano, tradutor de inglês e francês. Aqui ele coloca um pouco da vida do melhor – na minha humilde opinião – diretor de cinema ainda vivo. São resenhas e observações sobre a obra de CLINT. Não encontrei esse livro em português, o que é uma pena. Mas ler sobre CLINT é precioso. Assistir seus filmes, ainda mais.

Edward Rice, SIR RICHARD FRANCIS BURTON: americano do Brooklin, Nova York. Jornalista, editor, pintor e também biógrafo de Thomas Merton. Provavelmente um dos maiores aventureiros de todos os tempos, junto com Marco Polo e Camões. Falando uns 30 idiomas, traduzindo “Os Lusiadas”, “Kama Sutra”, vivendo no oriente como militar e espião inglês. Prolífico e criativo. Primeiro ocidental e entrar em Meca. É difícil dizer algo que ele não fez.

PABLO NERUDA, Confesso que vivi: publicado por Matilda Neruda, autobiografia portentosa. Poeta esplêndido, romântico e político, diplomata por profissão. Aqui ele coloca suas viagens pelo mundo e obras que escreveu. Recomendo fortemente ler sua obra inteira. NERUDA é um homem prá lá de especial.

JB Alencastro

16 de maio de 2020